Category Archives: CURURUAY E RIO DOS SINOS

MUTIRÃO PARANHANA, CURURUAY E RIO DOS SINOS

422279_328143007229767_416027115_n

A Ong Cururuay realizou uma mutirão de limpeza no rio Paranhana e no Rio dos Sinos, A Ong teve apoio e a parceira da Cooperhab, Corsan, Defesa Civil de Igrejinha e Taquara, Ampra, JCI, Irmãos Martins, Carmen Flores, Guido Mario Prass, Romeu Bischoff e amigos do rio de igrejinha, Adauri Castro e amigos do rio em Campo bom, Sema, J.C.I de Sapiranga, Patran de Taquara, associação dos moradores Prainha de Taquara, voluntários, parceiros da Ong e Prefeitura Municipal de Taquara e Sapiranga. Dezembro – 2012.

 

417915_328142980563103_2100808912_n

 ESTA É A SEDE AMBIENTAL, JUNÇÃO DO PARANHANA E RIO DOS SINOS EM TAQUARA.

 A natureza não aceita mais a insubordinação das atitudes humana, cedo ou tarde a natureza se cobra, o que o planeta sofre, áreas deixarão de ser produtíveis, matas sendo devastadas com menos CO2 ao longo do tempo, nosso solo sendo contaminado, doenças entre os continentes opostos, população em rápido crescimento e recursos hídricos limitados. 

Foi tirado mais de quatro toneladas de lixo com composto por folhas, galhos de árvores, papéis, plásticos, entulhos de construção, terras, animais mortos, madeiras, móveis danificados, pneus, papelões, metais, ferros, mangueira e entre outras coisas como vocês podem ver. 

SOBRE O RIO

O Rio dos Sinos nasce nos morros de Caraá distante 130 quilômetros de Porto Alegre, em altitudes superiores a 600 metros e percorre um percurso de cerca de 190 km, desembocando no delta do Jacuí, no município de Canoas, numa altitude de apenas 5 metros.

O Rio dos Sinos banha diversas e importantes cidades do Rio Grande do Sul – RS. É um rio muito importante para o estado, sendo o principal para o Vale do Rio dos Sinos, tendo sido por ele que os colonizadores alemães desbravaram parte do estado do Rio Grande do Sul.

O rio tem esse nome pois é sinuoso, tendo muitas curvas.

A bacia hidrográfica do Rio dos Sinos tem uma área de 3.820 km² e envolve, total ou parcialmente, 32 municípios. Os principais afluentes do Rio dos Sinos são os rios Rolante e Paranhana, além de diversos arroios.

Mutirão Paranhana

alex 305639_343196545733560_1154155601_n 396241_328142823896452_161736074_n 405764_328142797229788_941688527_n 406565_328142637229804_315414477_n 421489_328142577229810_494817288_n 426546_328142440563157_1739327276_n 525774_343196452400236_1055040907_n417060_328142863896448_440401798_n 525934_343196475733567_2052989462_n 535154_343196412400240_456910769_n 544757_343196505733564_157016975_n

Mutirão Rio dos Sinos
IMG_4430 IMG_4416 IMG_4386 IMG_4384 IMG_4377 IMG_4341 IMG_4357 IMG_4393 IMG_4333 IMG_4285 IMG_4225 IMG_4229 IMG_4206 IMG_4204 IMG_4172 IMG_4160 IMG_4166 IMG_4208 IMG_4435 IMG_4143 IMG_4157 IMG_4140

Mutirão Cururuay

 

O Projeto Cururuay, em parceria com a Semma Municipal e com os desbravadores do núcleo Adventista de Sapiranga, realizará, no dia 3 de Junho, a partir das 09:00 horas, um grande mutirão de limpeza na faixa que interliga a Dois Irmãos, junto a Mata Atlântica.

Ao assumir seu compromisso ambiental regional, o Projeto Cururuay, departamento do meio ambiente da Ampemes, vem interagindo por entender que a espécie humana dependerá sempre da sustentabilidade como meio racional de sobrevivência.

O Projeto, sempre participará das recomposições de matas ciliares de apps, dos mutirões no Sinos, por suas palestras educacionais e dos viveiros de mudas nativas.

Convocamos a mídia e os nossos parceiros para mais essa atitude ambiental.

Está confirmadíssimo para o dia 15 de Janeiro de 2011, sábado, a partir das 08:00 horas, o início das atividades de limpeza do nosso RIO DOS SINOS.

Nesse momento já temos confirmados 32 barcos e esperamos juntar mais de 80, por isso, solicitamos que cada parceiro faça a sua parte, convidando amigos, conseguindo sacos de lixo e tendo os olhos voltados para a consciência ambiental.

Que cada barco, caicó, canoa, tenha coletes, luvas, equipamentos de segurança. Informamos que não se trata de um passeio e sim, um mutirão para coletar SUJEIRAS de todas as espécies.

O plano de trabalho segue conforme orientação do chefe de cada equipe Municipal, de modo que cada núcleo faça dentro do rio, no seu próprio município.

Cada equipe ou líder deverá antes da largada passar instruções aos participantes, de como agir, proceder, orientando aos critérios de segurança e contabilizar os sacos retirados. Se possível filmar, para que possamos mostrar e palestrar para comunidades a importância da consciência ambiental.

A Ong Cururuay, do ambientalista Renato Wallauer solicita que reencaminhem esse comunicado para jornais, rádios, líderes comunitários, comitês de bacia, prefeituras, vereadores, deputados, população. Pois isto ajudará a tornar o Rio dos Sinos um rio cheio de vida, limpo, com muitos peixes, com sua mata ciliar recomposta, sua água mais pura, que de prazer em acampar nas suas margens.

Então, ACREDITE, com capricho e obstinação, CONSEGUIREMOS.

Para mais informações de como ajudar neste MUTIRÃO, falar com Renato Wallauer:
E-mail: renatowallauer@hotmail.com
Telefone: (51) 9864-7999

 

Blog SOS Rios do Brasil - Educação ambiental e preservação hídrica

O blog SOS Rios do Brasil é um dos mais renomados blogs ambientais brasileiros. Como prova disso, recentemente ultrapassou a barreira de 1 MILHÃO de acessos.

Agredecemos ao Prof. Jarmuth pelo post explicando o Projeto Cururuay e pela receptividade com o mesmo, mostrando interesse em apoiar e divulgar a ideia da maneira que fosse preciso.

A todos que quiserem conferir o post no blog, podem acessar clicando aqui

JCI Sapiranga em parceria no Projeto Cururuay.

A JCI de Sapiranga realizou-se uma palestra com o ambientalista Renato Wallauer, criador do projeto Cururay. Projeto esse que já tirou 13 tonelados de lixo de dentro do Rio dos Sinos, pra mais e pretende plantar 6 milhões de mudas de árvores ao longo do rio, precisamos arrecadar garrafas pet e caixas de leite para começar o plantio das mudas.
Renato Wallauer, já deu palestras sobre meio ambiente e sustentabilidade em todo vale dos sinos, 9 mil alunos de escolas públicas e particulares, empresas privadas, câmara de vereadores, entidades, entre outros e vai continuar divulgando esse grande projeto que pretende ajudar nossos rios, o meio ambiente, a natureza e principalmente aos nossos filhos e netos, custo da palestra, uma cesta básica que vai para doação, seja parceiro nessa você também.
A JCI, entrou para essa caminhada e vai apoiar o projeto para que ganhe força para chegar ao seu objetivo final.
JCI, está adotando um viveiro de mudas, onde será feito em parceria com a escola Estadual de Ensino Fundamental  Willy Oscar Konrath, que cedeu espaço físico onde será construída uma estufa com capacidade de geral 3.000 mudas. Continuamos impactando nas comunidades e acreditamos que com essas atitudes vamos fazer a diferença.

A equipe removeu cerca de 2 tonelada de lixo, entre embalagens de agrotóxicos, lâmpadas, baterias, televisores, rádios, entre outros.. Na manhã de sábado 19/02, no Balneário Municipal de Taquara, o Vereador Fabiano, do mesmo município, acompanhou e aprovou o projeto, juntamente com um representante da Corsan local, Celso Washburguer e voluntários, fizeram sua parte na atividade que tem por finalidade contribuir para a remoção do lixo que se acumula ao longo do Rio dos Sinos. Na atividade, os participantes se reuniram na Prainha Municipal de Taquara. “Organizamos-nos e percorremos toda a área do balneário, no qual dizia-se limpo, mas chegando ao local não foi o que contatamos”, diz Renato Wallauer, idealizador do Projeto Cururuay. A ação faz parte de um projeto maior, através do qual cerca de 240 pessoas devam, no dia de hoje, ter percorrido toda a extensão do Rio dos Sinos em embarcações e pelas beiras, removendo manualmente o lixo que fica preso entre galhos em diversos pontos do rio. Foram recolhidas muitas toneladas, no qual teve destaque na Rádio Gaúcha de POA sendo divulgado para todo território.

Agradeço a todos pelas parcerias voluntários da Ong Cururuay, Quin Jalmo, Adauri Castro, Sadi da Silva, Parque Martins, Sema Campo Bom, Sema Sapiranga, Corsan, Valdir Reis da Luz, amigos do rio de Campo Bom, Cooperhab, Renato Wallauer, apoio Jornal NH e rádios comunitárias.

DE ONDE VEM A POLUIÇÃO?

Convenções internacionais estabelecem que qualquer tipo de material ou substância que interfira no equilíbrio de um determinado ecossistema é considerado um poluente. Neste sentido, a degradação dos nossos rios possui várias causas, inclusive o comportamento inadequado ou conivente da população ao fazerem o descarte de seus resíduos de forma irregular ou não cobrarem de empresas e governos uma postura mais sustentável.

548535_343196399066908_1164544354_n

576440_342661069120441_1150329396_n

QUEM AMA PRESERVA.

PRESERVAR O MEIO AMBIENTE, É PRESERVAR A VIDA.